Resenha: Por toda a eternidade - Kristin Hannah

Por toda a Eternidade - Kristin Hannah
Para Comprar: Submarino


Este livro é super intenso. Sim é um começo estranho para uma resenha, mas acho que intensidade define bem a história de Tully.. 

ATENÇÃO :  
Este livro é continuação do livro "Amigas para sempre", ou seja é uma duologia. Se você ainda não leu o livro anterior talvez esta resenha possa conter alguns spoilers. 
Para quem não sabe essa duologia foi publicada no Brasil por duas editoras o Livro 1:  Amigas para Sempre foi publicada pela editora Arqueiro e "Por toda a Eternidade" pela Editora Novo Conceito ( que publicou o livro Jardim de Inverno também de Kristin Hannah)

No livro "Amigas para sempre" nós conhecemos o nascer desta amizade, neste livro nós vemos o quanto ela é importante para as duas mesmo após o tempo. É um livro tocante, revelo aqui que não li ainda o livro anterior, mas não senti que estava faltando nada quando li "Por toda eternidade", na verdade só me deixou muito curiosa para conhecer mais a fundo a história de TullyeKate. 

Tully é bem sucedida na carreira, não tem filhos ou uma família que possa chamar de sua, sua vida familiar se resume a Dorothy sua mãe, uma viciada que nunca demonstrou amor a filha e que pouco tem contato, sendo assim, a família que ela adota é a de Kate que é casada com Johnny e teve três filhos: Os gêmeos Luke e Wills e Marah.

Este livro começa em 2010 onde vemos Tully totalmente perdida cometendo um grande erro, por conta disso Johnny que a muito tempo não via a melhor amiga de sua mulher acabam se reencontrado. Logo voltamos para 2006 ano da morte de Kate para entender como foi essa separação e como cada um lida com a perda dela.
O livro vai nos contando como foi enfrentar a vida sem Kate até o dia 3 de setembro de 2010 na visão de Tully, outras na Visão de Marah e algumas na de Dorothy que nos revela seu passado.   

Quando Kate morre, vemos todos a sua volta perdidos, ela era o elo que ligava cada membro da família. 
Tully fica sem saber como lidar com a perda pois ela vê a família que tanto ama se desmoronando, sua carreira perdida e ainda a falta de  Kate em tudo.  
Ela tenta ajudar de alguma forma a família, principalmente Marah uma adolescente que além da culpa por não ter tido um relacionamento bom com sua mãe se vê fragilizada, ela acaba mudando sua vida por completo se afastando de sua família, se envolvendo com um cara totalmente diferente da realidade da sua "antiga" vida. Johnny seu pai que não sabendo como lidar com a situação acaba fechando os olhos para tudo o que acontece a sua volta.  Tully nesse turbilhão de sentimentos e acontecimentos acaba sendo ignorada por eles. 

O interessante deste livro é que não existe um mocinho da história que só acerta e nos dá lição de moral, todos erram e todos sabem disso. Todos enfrentam a perda do seu modo se esquecendo que podem contar uns com os outros cada um trata as coisas de uma forma. É um livro que fala principalmente de perdão, redenção e que todos temos a chance de achar o caminho. Vemos isso com Marah e com Dorothy. 

Dorothy é uma das personagens mais intrigantes do livro, a mãe de Tully tem seu passado desvendada, o que posso dizer é que me arrancou lagrimas, apesar de ser uma mulher viciada, bêbada com uma vida destrutiva, que nunca demonstrou amor a filha, ela é humana. Digamos que conhecer sua história sem a visão de Tully muda completamente tudo que você poderia pensar dela.   

Este livro é emocionante, intenso, inspirador. A amizade é mostrada de uma forma tão linda como não tinha visto em nenhum outro livro. Super recomendo.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Comente!! Sugestões, reclamações ou até erros de português !!!!

Deixe aqui opiniões, reclamações e sugestões : )

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...