Noites Italianas - Kate Hoden


Adicione no Skoob
Editora Novo Conceito 

Eu pedi esse livro simplesmente porque fiquei curiosa quanto tudo o que tinha lido sobre a autora do livro, Kate Holden, ela hoje é colunista do jornal Saturday Age, é formada  em Estudos clássicos e Literatura na Universidade de Melbourme,  porém ela já foi viciada em Heroína  e também se prostituía, ela já tem publicado outro livro "Na minha pele" onde ela conta toda a sua história de vicio e prostituição, já neste livro ela mostra a sua trajetória em "busca do seu próprio eu" uma busca por uma vida diferente.
Como seria para uma mulher inteligente que teoricamente teria mil caminhos diferentes para seguir saindo de um buraco emocional que ela mesma cavou? Este livro é pura emoção, o interessante é que não sabemos o que realmente aconteceu de verdade e o que poderia ser inventado. Mas sinceramente? Isso não importa.

Apesar da vida "suja" que Kate teve, ela é ingênua em certo ponto. Ela não é uma mocinha valente que você vai amar conhecer,  isso não é o foco. O livro todo mostra a tão boba ela é quando o assunto é homens, com poucos recursos e sem perspectiva de vida depois de sair das ruas de Melbourne ela vai até a Itália onde conhece várias pessoas e são essas pessoas que fazem este livro. Ela descreve como conhece cada homem que passou por sua vida o que eles mudam nela e o que ela vive com eles. Em cada parte do livro ( são sete partes) tem um homem "protagonizando" essa história.

O legal é que Kate não mente em questão do seu passado para os homens com que envolve (e isso mostra que ela tem um pouquinho de coragem neh?) só que obviamente pelo modo que veste e se porta não precisa que ela diga para ninguém que ela já foi prostituta um dia, e isso é engraçado, ela não percebe a sua própria vulgaridade.

Para ler este livro eu diria uma coisa: leia sem preconceito. Apesar de Kate estar limpa das drogas e não cobrar para transar com ninguém, ela se prostitui sim, só que não cobra é algo que ela não consegue tirar de si, ela se “diverte e sofre ao mesmo tempo em que luta contra toda essa vida que decidiu abandonar”.
Ela não trabalha e vive na Itália vagando entre uma casa e outra como se fosse normal ir a casa de pessoas que ela conheceu algumas horas antes, vemos ela dizer por exemplo que " não é errado ser facil." É uma personagem que vai contra o que seria certo para os padrões da sociedade, ela vai sempre contra o que você diria como ser certo.

Ela é uma personagem real, ler este livro sobre uma perspectiva diferente que fala sobre sentimentos de uma pessoa que vive uma vida que iria totalmente contra o que você ou eu acha como correto é bom,  é sair um pouquinho da caixinha sabe. Não tem um romance fofo nessa leitura, isso não existe aqui,  na verdade é mais sobre a vida deprimente de Kate. 

Recomendo sim a leitura, só acho que deveria ter uma pequena indicação que este livro é para maior de 18 anos, ele tem muitas cenas de sexo explicito e fala sobre um tema não tão comum de ser ler por ai.
Sem contar que o final é perfeito é o tipo de fim que você não espera, sem contar que a narrativa é muito boa a leitura flui muito bem.

Gostei e indico.
Comentários
2 Comentários

2 comentários:

Jaque [Responder comentário] disse...

Gostei muito da sua resenha. Eu li este livro e achei genial mas minha irmã já disse que é muito ruim por ela não é um exemplo de mulher. Acho que ela leu julgando a vida da personagem.
É bem o que você disse: leia sem preconceito.

Blog "Laços e Entrelaços " [Responder comentário] disse...

@JaqueJá vi resenha que também vi essa mesma visão. É uma forma de viver diferente do que estamos acostumadas, ou melhor dizendo, é contra o que achamos certo.. Sem preconceito neh?"

Postar um comentário

Comente!! Sugestões, reclamações ou até erros de português !!!!

Deixe aqui opiniões, reclamações e sugestões : )

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...