Playlist de terça - feira

Faz muito tempo que não indico nenhuma banda por aqui, e conheci tantas nesse meio tempo que achei super válido fazer uma playlist das bandas que ando ouvindo. Tem muita musica antiguinha, outras nem tanto, tem The Lumineers, Foo Fighters,  Imagine Dragons, e até David Bowie.

Haaa, você já assistiu o filme "As vantagens de Ser invisível" ( assista online )  que conta com Emma Watson no elenco? Se você assistiu e curtiu as musicas que tocaram no filme tanto quanto eu, acho que vai gostar da a ultima musica da playlist, (musica do túnel)

Espero que curtam :)





Resenha - Livro "Simplesmente Ana" - Marina Carvalho

 photo imagem.png

Livro: Simplesmente Ana
de  Marina Carvalho
Editora: Novo Conceito
Onde comprar:  Livraria Saraiva 

Conto de fadas, um ponto. Cenários lindos, mais um ponto, romance mais dez pontos, um cara lindo para querer chamar de seu, mais dez pontos e ainda o livro é nacional mil pontos!

Simplesmente Ana já me cativou pelo nome, não mentira. O nome do livro é perfeito sim, mas a capa em si é muito linda.
Quando abri o livro e comecei a  ler, era umas 10h da noite, fui lendo, lendo e olhei novamente o relógio já era altas horas da madrugada e eu já estava terminando o livro.
Não sei com vocês, mas quando um livro me prende desse jeito a suas páginas eu já coloco ele em um pedestal.
Simplesmente Ana conta a história de Ana uma mineirinha, que tem uma vida confortável, estudante, 20 anos quase apaixonada por Artur,  com uma amizade fortíssima com Estela com uma família fofa, constituída por sua mãe e avós.
E o pai, bem Ana não conhece, até que certo dia ela entra na sua pagina no Facebook e vê uma mensagem de um cara dizendo que é seu pai. Pronto. Tudo muda na vida de Ana, ela o conhece e descobre não só que tem um Pai, mas que ele é Rei no País de Krósvia e consequentemente Ana é uma princesa.

"Então ela chorou, em silêncio mesmo. E eu soube naquele momento que não importava ter ficado sem um pai por 20 anos. Porque eu pude ter minha mãe comigo nesses anos todos."  

Parece clichê, mas não é, com esse tema eu jurava que a história ia se basear em Ana e sua adaptação com esse novo mundo e principalmente seu pai. Mas não. O livro se baseia em um romance.
Alexander é enteado de Andrej ( pronuncia-se Andrei )  pai de Ana, que por sua vez namora a Laika  ou carinhosamente chamada de “nome de cachorro. “ O personagem em si e muito fofo gente, duvido você não querer um Alex com você.

"Às vezes, demonstrava gostar de mim e até me admirar e me provocava o tempo todo, fosse com palavras, fosse ou atitudes. Mas, independentemente de qualquer umas dessas supracitadas posturas, ele era sempre Alex, o Alex. Aquele que não me dava folga., que me atormentava até nos sonhos e que me fazia sentir coisas que eu nunca sentira antes. "

O livro não é um conto de fadas inacessível, o que acontece com Ana pode acontecer com qualquer um, não digo sobre ser princesa ou ter de fugir dos fotógrafos,   mas sobre se apaixonar por um cara lindo, ter ciúmes, descobrir que o cara que ela ficava não era do jeito que ela pensava, amar uma banda,  se descobrir como pessoa, participar de algumas confusões... "Ana é gente como a gente"

O livro ainda cita cantores nacionais como Luan Santana e Jota Quest e também internacional como o Bon Jovi, tem até a citação da letra da musica. Gente, tem como não amar?

"Os Amigos de Alex se apertaram ao meu redor e eu praguejei baixinho. Que coisa! Como cantaria a pleno pulmões as musicas que sabia de cor? E na hora de "Livin' on a Prayer" começasse ? "



  photo MARINACARVALHO.png

 Sobre Marina Carvalho: Marina Carvalho. É escritora, jornalista formada na PUC - Minas, e professora de língua portuguesa e literatura "Simplesmente Ana" é seu livro de estréia

Twitter   @MariCarvalho_01


Pagina no Facebook: Livro Simplesmente Ana


Amei o livro como um todo, só senti falta da presença do pai de Ana na história, mas como o livro é um romance e não sobre o convívio do pai e filha, não é algo que afete a leitura.
Recomendo muito  ainda mais se você curti um livro a base de um romance, conto de fadas e muitos cenários perfeitos. Espero que venha muitos outros livro por ai, simplesmente amei ! 

As ilustrações de Claudine Hellmuth

Eu não sou de falar de ilustrações  aqui no Laços e Entrelaços. Porém quando se usa tanto o Pinterest é impossível não se apaixonar por uma imagem ou outra, estava perambulando por lá e encontrei a imagem abaixo.

 photo c4ef2aef5d4648e3c1b82179599e78fd.jpg


Achei a ideia da embalagem espetacular, aquela coisa " como ninguém pensou nisso antes"... Fui procurar mais informações sobre a imagem e descobri o  Portifólio de Claudine Hellmuth. Ela é  ilustradora, reside em Washington e tem mais de 12 anos de profissão

Veja que lindo o trabalho dela

 photo claudinehellmuth1.png

 photo claudinehellmuth.png

 photo claudinehellmuth2.png
 photo claudinehellmuth3.png


Essa mistura de ilustração com fotos com pegada retro é genial! Gostaram do trabalho dela?
Veja muito mais no site dela:  http://www.claudinehellmuth.com/index.htm.

Sobre a imagem do forno acima? ela vende produtos em seu site, para ver mais é só visitar, não tem como não amar.
 visite.

O livro de amanhã. - Cecilia Ahern

O livro de Amanhã - Cecilia Ahern 
Onde comprar: Saraiva
Editora Novo Conceito 

Sabe aqueles filmes que passa na sessão da tarde, onde ocorre romance, aventura, mistérios e você não cansa de assistir? Senti-me dentro desses filmes fofinhos lendo “O livro de amanhã”  de Cecilia Ahern.
É praticamente um conto de fadas da vida real, tem mistério e até um castelo com muitos segredos.
Mas não se engane ele é super-realista e trata temas como a primeira vez e conflitos familiares, relação pais e filhos e muito mais.  Em alguns momentos me fez lembrar de pessoas que conhceço, na relação com os próprios pais, sabe aquela coisa de falar o que vem a cabeça sem se importar com o que o outro vai pensar ou sentir com tudo aquilo? Pois bem, tenho certeza que você conhece ou vai conhecer alguem como a Tamara. 

Tamara é a menina mais sortuda do universo. É rica, tem a casa dos sonhos, uma mansão a beira mar, tem tudo o quer e mais um pouco, viaja com frequência,  porém é super chata mimada, metida, prepotente e conseguiu me irritar.

Parece estranho ler essa descrição de uma personagem principal, mas é isso mesmo, uma malcriada que não se importa com o que os outros sentem. No mundo dela só o que importa, é ela. E o engraçado é que ela sabe disso.  Ela mesma se descreve assim.

“ .. Eu era um pesadelo de filha, grosseira, respondona, esperava que desse tudo, e pior ainda, achava que merecia tudo apenas porque todos que conhecia merecia.

Agora imagina uma jovem de  "16 anos" que tinha tudo e mais um pouco perder tudo. Sem casa, dinheiro, e principalmente sem seu pai, que por sua vez se matou por não aguentar ver tudo se perdendo.

Tamara Goodwin e sua mãe se veem obrigadas a sair dali para um lugar mais simples, mudam-se de um lugar  super badalado  para o interior onde nada acontece. Sua mãe pelo choque de tudo aquilo entra em estado vegetativo, um depressão que preocupa  Tamara todo o tempo.

Tamara então tem que conviver não só com a mudança brusca na sua vida, mas também tem que conviver com a consciência pesada, pois a ultima vez que viu seu pai não teve a melhor das conversas.

A casa onde ela vai viver é de Rosaleen e Artur. Dois personagens que para mim é o que levou eu terminar o livro. Ou melhor os mistérios que rodeiam Rosaleen é o que me impulsionou.
Ela é estranha, esconde muita coisa e o seus mistérios fazem a leitura valer a pena. É uma grande surpresa quando todos seus segredos são revelados. O final tem um "que" de conto de fadas. Eu amei.

Apesar dela ser  possessiva, gosta de tudo do seu jeito e começa a tratar Tamara a pão de ló, tirando dela  toda a liberdade ela se tornou uma personagem que me cativou, não gostei da personagem principal mas adorei conhecer Rosaleen, me atrevo a dizer que é o que deixou o livro ser o que ele é. Impressionante.
Seu esposo Arthur, não tem nada de especial, pelo menos a mim não me agradou. Sem voz ativa apesar de seu jeito interiorano ser cativante pela descrição que Tamara faz dele.

No decorrer da história Tamara encontra Marcos um jovem que cuida da biblioteca itinerante e onde ela pede emprestado o  “Livro de Amanha” que conta tudo o que acontece no dia seguinte.

Agora imagina Tamara que se via sem rumo em um ambiente totalmente diferente do que é acostumada encontrar um tesouro desses. É com este livro que ela encontra todo o mistério que a rodeia.

Neste livro você vê o amadurecimento de uma garota. Ela se encontra com sigo mesma, com a ajuda do livro ela pode ver o quanto ela é ruim com as pessoas sem mesmo se dar conta.

No decorrer do livro você vai compreendendo Tamara, de chata mal educada você começa a achar que ela só precisava de alguém que lhe mostrasse o caminho certo, é com  a freira Ignatius e o novo amigo Weseley que ela encontra essa direção.

"Elas não sabiam a razão, jamais  pensariam que o impacto emocional sofrido por mim, diante do que eu acabara de passar ia me mudar não apenas por algumas semanas, mas para sempre."

Marcos é um personagem que me enganou, achava que ele iria ser tipo o guia de Tamara, na verdade quem ajuda Tamara é Weseley, um garoto que Tamara encontra fazendo uma “festinha” próxima a sua “casa.”. Ele é engraçado e o melhor amigo que Tamara poderia querer. Era o que ela precisava.

E com Weseley que Tamara vai a busca dos mistérios que ronda sua “casa”. O porquê de Rosaleen a prender tanto  ser tão obsessiva e não deixá-la ver a mãe e muito menos leva-la ao médico.  

O começo do livro é um pouco chato não tem aquela coisa de prender o leitor. Porem Cecilia coloca umas abordagens tão interessantes nos primeiros capítulos que me fez querer ler mais e mais. 
Nos primeiros capítulos Tamara fala o quanto ela era esnobe e mesquinha, conta sobre sua vida e faz uma auto analise sobre si mesma. 
É um livro leve. Aqueles que começamos a ler e só paramos quando descobrimos o que vai ter no fim.  Se você é fã de um mistério leve, simples e que te surpreenda no final. Esse é o seu livro.

“... Não se deve tentar impedir tudo de acontecer. Ás vezes, também, deve os aceitar a possibilidade de ficar vulnerável diante de pessoas. Às vezes isso  é necessário porque tudo faz parte de você chegar a parte seguinte de si mesma, no dia seguinte. O diário nem sempre tinha razão...”

SOBRE CECILIA AHERN
Antes de engrenar na carreira de escritora, Cecelia Ahern se formou em Jornalismo e Comunicação. Aos 21 anos, escreveu seu primeiro romance, P.S. Eu te amo,que se tornou um best-seller internacional e foi adaptado para o cinema. Seus outros romances — A Vez da Minha Vida, Onde Terminam os Arco-íris, Aqui é o Melhor Lugar, Se Você Me Visse Agora e As Suas Lembranças São Minhas — foram todos best-sellers #1. Cecelia foi uma das criadoras da série de TV Samantha Who? que ganhou um Emmy. Seus livros foram publicados em 46 países. Foram vendidas mais de 20 milhões de cópias no mundo todo. A autora mora em Dublin (Irlanda) com sua família.

Fonte: Editora Novo Conceito 

Deixe aqui opiniões, reclamações e sugestões : )

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...